Reflexionando sobre o reflexor

Walmir da Rocha Melges – 31 de julho de 2013

Algumas pessoas gostam de refletir, e refletir, e assim o fazem, diuturnamente, muito embora saibam que nem todos gostam de reflexionar o que os outros refletiram. Estes estão certos, aqueles também.

Tudo começou coma apenas um brincadeira, sem intenções, com palavras do nosso vernáculo, e como tudo que se reflete produz algo, este produziu a necessidade da sequencia lógica como se vê abaixo, e agora, virou uma pequena crônica para o meu blog www.blogdowalmir.com.br, e acabou sendo inserido como uma pretensão de verbete no Dicionário Informal (http://www.dicionarioinformal.com.br).

Nem tudo que é refletido internamente pelo indivíduo, (aquilo que é motivo da sua discussão interna), é refletido (ou seja exposto), pelo reflexor, à terceiros, o que induz que o reflexor normalmente seja cuidadoso com o seu falar; e daquilo (objeto da sua reflexão) que ele reflete, e em seguida reflete, nem tudo é refletido pelo visualizador (aquele que tomou conhecimento do objeto e produto da reflexão).

Reflexor
Aquele que reflete, internamente como reflexão do pensamento, e externamente, como emissor da reflexão para terceiros.

Thomaz Nigel Melchior (http://www.dicionarioinformal.com.br/enviar/definicao/?obrigado) Endereço de e-mail confirmado. Definição confirmada.Usuário confirmado. Cadastro do usuário atualizado.

 

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados para WRM Auditoria e Consultoria Ltda

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?