O MERCADO É O REI. SERÁ?